D’Évora com Amor


Dois artesãos, ela formada em Geografia e ele jornalista, decidiram mudar de vida e abandonar Lisboa para aproveitar tudo o que de bom o Alentejo tem para dar.


Uma das principais influências que a mudança acabou por ditar no seu trabalho foi a criação de uma linha de artigos dedicados ao Alentejo. Assim os “Vizinhos” começaram a ganhar forma, retratando as gentes e os lugares desta região maravilhosa.


A classificação do Cante Alentejano como Património Imaterial da Humanidade e a escolha de Reguengos de Monsaraz como Cidade Europeia do Vinho em 2015 foram também dois importantes focos de inspiração 

para o nosso trabalho.


Estas peças, elaboradas em cerâmica, pretendem transmitir a essência do que é o Alentejo. O “pulsar” das aldeias e dos seus habitantes e o sentimento de paz que acompanha a vivência diária de todos os que fazem deste destino um dos mais aprazíveis em Portugal.